Fale conosco

SP-RJ (11) 98789-3692

(21) 99660-3478

Serviço de Limpeza pós morte

Depois que a polícia finaliza a perícia e libera os locais onde ocorreram mortes, alguém precisa limpar essas áreas, repletas de marcas de sangue, fluidos corporais e até mesmo pedaços de pele. É aí que começa o trabalho das empresas especializadas em limpeza pós-morte. O serviço, comum nos Estados Unidos e na Europa, também existe no Brasil. Por aqui, os preços variam entre R$ 1.290 e R$ 10 mil e dependem do tamanho da residência, das características do imóvel e do número de dias necessários para finalizar a limpeza.

Em alguns casos, é preciso tirar até o vaso sanitário. Inspirado por empresas norte-americanas, o empresário Paulo Silva, 42, fundou a Attuale Brasil em 2010, em São Paulo. A empresa faz a limpeza de cenas de homicídios e suicídios e outros três serviços: limpeza de pós-incêndio, de casas de acumuladores compulsivos –comportamento caracterizado pelo acúmulo de itens– e de cozinha industrial.

“Primeiro fazemos a remoção e embalamos todos os itens contaminados, como colchões e lençóis, e depois iniciamos a limpeza com produtos bactericidas hospitalares. Se a pessoa morreu no banheiro, por exemplo, temos que remover até o vaso sanitário”, disse. Depois que o ambiente todo é higienizado, o empresário falou que usa luz negra para verificar se ainda restou alguma mancha de sangue, além de equipamentos que pulverizam as bactérias do ar. Todo o material infectado é encaminhado para a descarte.

“Por isso, para limpar cenas de morte é necessário usar equipamentos adequados de proteção individual, como luvas, óculos e jaleco, e produtos químicos específicos. Não basta utilizar apenas água. É importante, portanto, que seja feita por um profissional”.

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Artigos em destaque

Veja também

Acumuladores Brasil

Pouco se fala no Brasil mas acumulação compulsiva ou acumulação patológica é uma perturbação que leva a pessoa a acumular objetos que muitas vezes

Read More »