Difícil de respirar

As 8:30 da manhã de uma segunda-feira 02/09/2019 paro o carro na Rua Gonzaga Duque, uma rua com aquelas casas de vila uma do lado da outra. Uma rua estreita, aquelas que só passa um veículo.
deixo o carro estacionado um pouco a frente do imóvel onde necessitava urgente de uma limpeza forense.
O que foi nos informado era que um senhor de 52 anos havia se suicidado e precisavamos executar a limpeza e remover o odor que ocupava todo quarteirão da rua.
ao chegar os vizinhos me abordaram dizendo: Moço é você que irá resolver o nosso problema?
O cheiro era muito forte e os relatos dos vizinhos era que eles estavam mais de uma semana tentando descobrir de onde vinha o odor.
De esquina um restaurante, que o cozinheiro era muito amigo do morador e não acreditava no ocorrido dentro do imóvel.
Ao entrar no ambiente me deparei um uma casa praticamente vazia, havia somente 01 cama de solteiro e uma geladeira.

Mesmo com mascára de proteção com filtros super potentes sentia-se o odor.

E quando  pensava-se em retirar por um instante a mascára era difícil de respirar.
Na cozinha não havia nada além de um armário e alguns colchões onde o corpo fora localizado.
O corpo já estava em avançado estado de putrefação pelo tempo exposto no imóvel.
Muitos vizinhos desconfiavam da causa da morte, pensando que aquele homem seria incapaz de tirar a própria vida. O que tudo indica era que ele morava ainda com mais duas pessoas e essas pessoas desapareceram de repente.
No local onde o corpo possivelmente estava ou foi encontrado era o armário de cozinha colocado no chão e sobre o armário colchões e esses colchões amarrados sobre fios de varal.
As portas estavam vedadas com panos provavelmente para que o odor não saisse do lugar. Na cozinha sobre a pia percebia que acenderam muitas velas e algumas chegaram a apagar e outras se consumiram por total.
O trabalho da Attuale não é de perito , mas naquele dia não dava para entender o que havia ocorrido naquele lugar.
Fizemos a remoção do piso de madeira da sala, pois quando o corpo foi removido pelas autoridades fluídos se espalharam pelo local, deixando o ambiente mais contaminado ainda.
Fizemos a embalagem dos colchões e o piso foi todo ensacado para poder ser incinerado.
Enchemos um caminhão com piso, colchão, portas e madeira que mais parecia um caixão depois de uma exumação.
Depois que retiramos tudo e fizemos a limpeza o odor não havia mais.

Os vizinhos nos agradeceram pelo trabalho prestado. Ficamos de retornar no local para executar um orçamento de reforma total do imóvel, mas parece que a Administradora havia desistido da ideia.
Uma emissora de televisão chegou até a fazer algumas filmagens mas as imagens não foram para o ar.
Realmente, tem coisas nesta vida que é um mistério!

 

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Artigos em destaque

Veja também