Fale conosco

SP (11) 98789-3692

RJ (21) 99660-3478

BH (31) 99843-0196

SC (48) 99223-7682

Limpeza pós morte – sangue e fluídos corporais são perigos?

A limpeza pós morte depende de muitos fatores, mas não vamos descartar que trabalhar com limpeza de local contaminado não seja perigoso,  principalmente locais pós morte.

Na Limpeza pós-morte há sim um risco de contaminação, mesmo estando com equipamentos de proteção adequado.

Sangue, fluídos corporais, saliva, sêmen, secreções vaginais, podem conter vírus que podem ser transmitidos para outras pessoas. Se você entrar em contato num ambiente contaminado após a morte e em decomposição existe o risco de contaminação.

Há o risco de HIV, Hepatite b e C entre outras doenças transmitidas pelo sangue.

Flúidos corporais como vômitos, suor, lágrimas ou urina, podem conter vírus se houver sangue no flúido. No entanto alguns riscos são menor.

Em caso de de limpar contaminação  pós-morte você deve seguir os seguintes procedimentos, sendo que você não sabe se a pessoa estava contaminada por alguma doença.

Você deve lavar imediatamente a área afetada com água em sabão e procurar ajuda médica para que possa tomar o medicamento adequado.

Exames de HIV e Hepatite devem ser feitos para que em caso de contaminação você efetuar de imediato o tratamento adequado.

Pessoas que não estão preparadas para limpeza pós-morte não devem nem tentar fazê-lo, além do mais muitos curiosos e empresas comuns tentam executar este tipo de limpeza sem o conhecimento e o treinamento adequado.

Ao se deparar com situações de cena de crime, traumas e suicídios onde há necessidade de uma limpeza especializada em pós-morte entre em contato com a Attuale Brasil. Há mais de uma década executando serviços de limpeza forense,  limpeza pós-morte e acumulações. Fomos o primeiro do Brasil a efetuar limpeza pós-morte no país.

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Artigos em destaque

Veja também